20/05/2011

Mais ervilhas

Ontem formou-se cá uma trovoada!
Felizmente a chuva que a acompanhou caiu bem de mansinho para benção das hortas da região...
Pelo menos, que eu saiba, não causou estragos por aqui...

Ainda assim tive tempo para apanhar mais um baldito de ervilha para descascar.
Sim, e hoje com fotos...
O cultivo de ervilhas é muito fácil.
Estas foram semeadas em meados de Março, quando se preparou a terra para as sementeiras da batata do cedo (post anterior), do cebolo e afins...
A frese tem acupulada um "abre regos", o trator ao passar abriu vários regos, depois nuns coloquei batatas (que já arranquei) e daí para baixo, 2 regos de ervilhas.
Não coloquei fertelizante nenhum, não precisam, li algures (creio que no "O Gorgulho"), só mesmo um acrescento de cinzas lá da salamandra.




Depois é só colocar o restos das podas  para que as ajude a trepar. Estas nem as sachei, nem nada...
Regar tb não precisou... Agora é mesmo só apanhar, de pressa que algumas já estão maduras demais!

Mais uma vez acho que as semeei juntinhas demais, mas como em anos anteriores tinha na horta vários "desbastadores" naturais: coelhos e corvos, semeei propositadamente mais bastas para ficarem no final com o compasso ideal.
O(s) coelho(s) fizeram gazeta às ervilhas (atacaram preferencialmente o cebolo novo) e veio tudo.
Não faz mal...em vez de darem vagens maiores dão mais pequenas... pronto... Ainda assim o tamanho do grão é bom...



Aqui foram lavadas e deixadas a enxugar embrulhadas num pano, para irem para a arca.
A mesa do pequeno almoço ainda tava posta: marmelada e pão caseiros.



1. Proveitos (euros)
                                                        Total Proveitos: 0,53

    Sem comentários:

    Enviar um comentário