13/02/2019

O mapa draft 0


 
Depois de "escolher" o que plantar/semear, foi altura de dispor as variedades no terreno... Ou pelo menos num mapa. As áreas a vermelho são as plantações de morango (lado esq com 2 anos, lado dir plantação nova).
 
Algumas já foram para os sítios este fim de semana, as outras irão no seu tempo... Mas já vejo vantagens nesta forma de organização.
 
 

04/02/2019

Plantar/semear, mas o quê?

Desta vez, o regresso é com planeamento, é importante definir quais são as culturas que mais se justificam dedicar o pouco tempo livre.

Não vale semear por semear...  De que vale ter muita coisa semeada se depois algumas coisas do que colhemos se estraga ou não consumimos assim tanto...


Com o tempo alguns ajustes já foram feitos, algumas das culturas que as áreas foram encurtadas: batata, nabo, framboesa preta.


O que ainda tem lugar cativo na horta (por tipo):

  • "Raízes": cenoura, rabanetes, nabos, "bolbos" (cebola, alho, alho-francês), beterraba.

  • "Folha": alface, espinafre, couve (repolho, "galega", "rábano"),  couve-flor, bróculos.

  • "Fruto": morangos, tomate, pepino, pimento, leguminosas (feijão, fava, ervilha, tremoço), girassol, abóboras, piri-piri, courgete.
  • 29/01/2019

    De regresso... com lápis em riste!

    Depois de muitos contratempos mas também de alguns projectos concretizados, retoma-se algum tempo livre para o que nunca deixou de ser o passatempo predilecto!

    Mais do que fazer as contas ao que se gasta, há a consciência que a qualidade do que se colhe supera as expectativas!

    Desta vez a volta, não conta apenas com "o semear por semear", vou pela primeira vez fazer um planeamento de culturas, com mapas, para que as rotações sejam mais eficazes- a memória vai pregando partidas... "mais vale um lápis curto, que uma memória comprida" diz o ditado e é bem certo... 

    Neste período, o investimento foi avultado, quer em plantas (novas árvores que foram colocadas no jardim e na horta), quer em equipamento (bomba). Como sempre, o investimento em "morangueiros" é quase sempre superior aos demais, mas também costuma ser os mais "generosos"- Vamos ver!

    Custos:
    Morangueiros- (580 pés)- 82,00
    Oliveiras (6)- 30,00
    Pereira - 5,00
    Ameixoeiras (2)- 10,00
    Pessegueiros (anões- 4)-20,00



    19/06/2014

    Ajuste de contas =285-68


    Continua a época dos proveitos, ele é batatas, morangos, começam as ameixas, pêssegos, pepinos, ervilhas... sei lá que mais....

    Mas os custos estavam atrasados... e por isso há que apurar todos os custos entre sementes, as nachi, o tubo de rega gota-a-gota e é claro, mais Biofértil...

    Importa salientar que nas pesagens atuais não estão incluídas as quantidades anteriormente contabilizadas (que resultaram proveitos de 104 euros).

    1. Proveitos (euros)
      Total Proveitos: 285,60
    2. Custos (euros)
      Total Custos: 68,31


    27/05/2014

    Sem grande esforço...

    Este ano, o registo das colheitas está a ser melhorado. Acima de tudo graças ao administrativo lá de casa que facilita todo o processo.
    Como estou fora a maior parte do tempo, as colheitas são feitas por ele que vai anotando e depois informatiza... 
    O resultado é este: 

    Como facilmente se chega aos 100 euros de proveitos, e só agora começámos...
    Certo que faltam ainda contabilizar algumas contas: árvores, framboeseiras, biofertil, etc. 
    Mas vamos no bom caminho...

    21/05/2014

    Horta com ajudantes de domingo de manhã...

    Apesar de muito esforço, conseguimos manter a horta neste primor... Nunca esteve tão bonita!

    1.º A extensão da horta pelo talude:































    2.  A experiência com "tela" plástica reaproveitada depois de 4 anos nos morangueiros, este ano coloquei num novo talhão... com alfaces, tomateiros...


    3.º As cebolas tardias... vêm bonitas, estão a gostar destes dias de chuva...


    4. A Pantufa, uma verdadeira trepadora de árvores, os pássaros por aqui têm mais cuidado...




    5. A Lucy- uma doçura de cadela que deixaram abandonada e nos adoptou



    6. Os meu amores...

    7. A produção propriamente dita:

    Morangueiros... aquele espetáluco

    Cebolas semi-tardias


    Alhos arrancados (estavam a ficar amarelos)

    Alfaces, tomateiros, ervilhas no plástico, com rega gota-a-gota...

    Cebolas novas para consumo imediato

    Pepino de geração espontânea

    Batateiras semeadas a 15 de Março..


    Interior da Estufa

    Pera-Meloa- plantada este ano


    O maranhal do costume na estufa...

    Contas, ficam para acertar após verificação de lista actualizada religiosamente cada vez que há uma colheita... ficam para depois, os acertos...


    29/01/2014

    Porque começar é investir...


    A chuva não ajuda a mexericar na terra, mas as alfaces na estufa agradecem as temperaturas mais amenas...
    Daqui já consegui apanhar aproximadamente 1,600 Kg de alface, tenra e deliciosa... E está mais para apanhar...
    Fora a salsa que nunca contabilizo...
    Na estufa tenho em alfobre: alfaces, cebolo e cenouras... 


    E cá fora??

     Bem cá fora, está tudo mais atrasado... E com muitos custos associados... Vejamos:

      Os alhos e as cebolas plantados no mês passado estão assim: 
     Alhos empalhados

     Cebolo a necessitar de sacho e palha....

    Agora os morangueiros: 
    Porque tivemos que reorganizar a nossa horta (motivo a apresentar posteriormente), os morangueiros de há 2 anos foram arrancados e "abacelados", já foram alguns e estes serão plantados quando o tempo ajudar.

    Ainda assim, para aproveitar uma tela que iria para o lixo: duplicámos os pés de morangueiro assim sendo vieram mais 12 molhos de diamante.

    E por acaso consigo ir ao viveiro sem trazer mais nada?? nã....

    Vieram também: um alecrim rasteiro, três oliveiras para azeite.
    Da visita à Drogaria trouxe comigo fertilizante Biofertil; batata Ágria ("de semente") e um saco de adubo 10-10-10.

    Mas nem tudo são custos... No trajeto para o trabalho passo por uma zona de pinhal com muitas alfazemas/rosmaninhos selvagens.... trouxe 2 potes bem cheios e toca a fazer plantações na extensão da horta e o melhor: A CUSTO ZERO!!!

     1. Custos (euros):
    • Morangueiros (12 molhos)- 36,00
    • Biofertil (6 sacos)- 36,00
    • Oliveiras (3) - 8,40
    • Alecrim- 8,80
    • Batata Agria (25 Kg)- 23,00
    • Adubo (25 Kg)- 10,00

    Total Custos: 122,00


    2. Proveitos (euros)


    05/12/2013

    E ainda....

     
    Rosas em Janeiro, até pode não haver, mas morangos em Dezembro há concerteza... E sem ser em estufa...
     

    1. Proveitos (euros)



    04/12/2013

    E recomeça-se tudo de novo...

     
    Porque na horta é mesmo assim.... um ano, um ciclo, e tudo começa de novo... para quem teima em gostar de comer o que planta, ainda que só seja possivel a visita uma vez por semana...
     
    Um dos projetos que gostava de implementar este ano é mesmo terminar a extensão da horta até ao jardim com aromáticas, plantas autóctones...
     Vejamos:
     
    Talude em início de Novembro (ou até com mais erva-foto tirada em Fevereiro deste ano).
     

     Aspeto final depois de "raspado".
     
    Deixei ficar apenas as "moiteiras" e algumas ameixoeiras "bravas" que entretanto já lá tinha plantado.
    Restam-me preencher com as alfazemas, rosmaninhos e alecrins que entretanto arranjei.

     
    Na horta, e porque a lua velha já foi, mal tive tempo para plantar umas cebolitas do cedo, que representam, juntamente com os alhos, os primeiros custos do "ano" (plantado no fim de semana 23/24 de Novembro).

     
    Venha a chuvinha para regar....
     
     
    1. Custos (euros):
    • Cebolo (1,5 molhos)- 5,00
    • Alhos (1 réstea)- 4,00

    Total Custos: 9,00
     
     

    02/12/2013

    Contas antigas ...



    Depois da contabilidade apresentada, ainda foi feito o registo das pesagens das últimas culturas...



     
     
     
    Tendo em conta que já passou algum tempo, vou utilizar o preçário que utilizei da última vez para o acerto ser mais real.
     
     
    1. Proveitos (euros)
    • Morango: 2,6kg x 2,58eu/kg = 6,71
    • Tomate: 3,1kg x 0,88eu/kg = 2,73
    • Pimento: 1,18kg x 0,89eu/kg = 1,05
    • Maçã: 0,275kg x 1,48 eu/kg = 0,41
    • Malaguetas: 0,800kg x 11,19 eu/kg = 8,95
    Total Proveitos: 19,85.

    A somar ao balancete "Saldo: 237.82"

                                          = 257.67

    Muito BOM!